Blog

Processo de Produção de Chopp

O chopp é uma das bebidas preferidas do brasileiro, consumida por todo país, em qualquer localidade no Brasil é possível encontrar algum apreciador de chopp. Muitos apreciadores, no entanto, não sabem como a bebida é produzida.

O processo de produção do chopp é muito semelhante ao da cerveja, a principal diferença é que o chopp não passa por pasteurização, etapa que garante maior longevidade à cerveja. A primeira etapa de produção do chopp é a moagem do malte para a dissolução de seu amido na água. Após a moagem, o malte passa por uma maceração com água quente, é nessa etapa que o amido do malte é dissolvido e ocorre a formação de açúcar, que nas próximas etapas será importante para a fermentação.

Depois da maceração, o produto é filtrado resultando no mosto, que é um líquido açucarado. Após a obtenção do mosto, o mesmo deve ser esterilizado, o que é feito elevando sua temperatura a 100ºC a fim de eliminar qualquer microrganismo que possa estar presente. Ainda nessa etapa de esterilização, é adicionado o lúpulo, que dá o sabor amargo e aroma característicos do chopp.

Em seguida, o mosto passa por um resfriamento e é encaminhado para a fermentação, nessa etapa que dura aproximadamente 7 dias o açúcar presente no mosto é transformado no gás carbônico e no álcool. Quando encerrada a fermentação, o líquido passa por seu processo de maturação, que dura cerca de 20 dias. Essa etapa permite a concentração dos sabores e aromas do chopp.

Ao final da maturação, a bebida é filtrada novamente para que sejam retirados quaisquer resquícios da matéria-prima utilizada ao longo de todo o processo de produção. Quando esta última filtragem se encerra a bebida já está pronta para ser encaminhada aos barris para ser armazenada e disponibilizada aos consumidores.

O chopp tende a ter aromas e sabores mais intensos, pois não recebem conservantes, antioxidantes e substâncias corantes, nem passam pelo processo de pasteurização. Por estes motivos, a bebida também tem um tempo de vida mais curto, não podendo passar grande quantidade de tempo armazenada, para que sua qualidade não seja comprometida. Após ser destinada aos barris, a bebida deve ser consumida em até 10 dias.

Postagem mais antiga
Postagem mais recente