Blog

Cerveja: Qual a Origem dessa Bebida Tão Apreciada?

A história da cerveja tem origem bastante antiga e ainda um pouco incerta, muitos acreditam, por exemplo, que a bebida não foi uma invenção, e sim uma descoberta. Estima-se que foi a partir do abandono do hábito de vida nômade, em que o homem passou a estocar grãos como alimento, que a cerveja tenha surgido, isso cerca de 9000 anos a.C.

Também se acredita que os ingredientes utilizados para a produção da cerveja eram cultivados e esmagados e mergulhados em água para consumo, por não serem ideais para consumo cru. Esses grãos proporcionavam um sabor adocicado quando começavam a brotar e, por esse motivo, se iniciaram as técnicas de preparação do malte, que originou, consequentemente, a primeira técnica de produção de cerveja: a de mergulhar o malte em água e secar em seguida. Uma das hipóteses é de que estes grãos teriam sido armazenados em vasos e que, com umidades eventuais, microrganismos iniciaram o processo de fermentação destes grãos. E assim a cerveja teria sido descoberta.

Os primeiros povos a registrarem a produção da cerveja foram os sumérios, segundo tais registros, estes povos produziam 20 diferentes tipos de cerveja, dentre elas, Sikaru foi o principal tipo, que era utilizada como bebida para honrar deuses e alimentar doentes. Entretanto, foram os egípcios e romanos os responsáveis por popularizar a bebida. Inicialmente, a bebida era conhecida como “cerevisia” ou “cervisia”, como homenagem à deusa da agricultura e fertilidade, Ceres.  

Os processos produtivos da cerveja começaram a mudar entre os anos 700 e 800 em mosteiros, onde foram implementadas técnicas para proporcionar mais aroma, adicionando ervas como sálvia, gengibre e o lúpulo. Especificamente, o lúpulo começou a ser adicionado à bebida em um mosteiro suíço, como forma de aumentar o amargor e conservar a bebida por maior tempo. 

A Lei da Pureza da Cerveja, decretada na Alemanha em 1516, determina que a bebida deve conter 3 ingredientes básicos: água, malte de cevada e lúpulo. Apesar de ser comum a adição de outros ingredientes em cervejas artesanais atualmente, esta lei ainda continua sendo uma referência na produção de cerveja.

A técnica de pasteurização surgiu devido ao francês Louis Pasteur, responsável por diversas descobertas na área da saúde, ao descobrir que bebidas como vinhos e cervejas azedavam devido às leveduras, enquanto pesquisava o motivo a pedido de produtores destas bebidas.

No Brasil, a cerveja começou a ser produzida no ano de 1640, embora a bebida só tenha se popularizado em nosso país a partir de 1810.

O que se sabe com certeza é que a cerveja que conhecemos atualmente não possui sabor parecido às primeiras produzidas, isso devido a todas as técnicas adaptadas ao longo dos anos. Mas que a bebida ainda segue conquistando admiradores não se tem dúvidas!

Postagem mais antiga
Postagem mais recente