Blog

Bolachas Para Chopp: Qual Sua Finalidade e Como São Produzidas?

As bolachas de chopp são populares em bares, restaurantes e até mesmo entre alguns consumidores (por que não?), se trata de porta-copos normalmente personalizados. As bolachas de chopp surgiram na Alemanha no final dos anos 1800, quando foram criadas eram fabricadas manualmente, utilizando um cartão grosso. Atualmente, existem diversos materiais que podem ser utilizados na produção destes objetos.

A tecnologia proporcionou diversas melhorias e variações na produção das bolachas de chopp, permitindo que o objeto pudesse ser produzido em maior quantidade e com mais agilidade. Este objeto é importante para preservar a superfície dos móveis, evitando que a umidade do copo e possíveis resquícios da bebida prejudiquem os objetos de madeira, ou mesmo causem manchas.

Além disso, como muitas são feitas em formatos e estampas personalizadas, também são ótimos itens decorativos que você pode usar naquele cantinho do churrasco em um mosaico num quadro, ou na parede fixadas com fitas dupla-face. Muitos apreciadores de cervejas e chopps apostam, ainda, em personalizar bolachas de chopp para distribuir como lembranças em eventos como aniversários, casamentos e demais festividades. Em geral, quando se trata de decoração, você pode se deixar guiar pela criatividade e inovar da sua forma.

Quanto aos materiais utilizados para sua fabricação, o mais comum na indústria são aquelas típicas bolachas feitas com Papel Paraná, que é um papelão rígido e de alta gramatura, que frequentemente é usado para embalagens. Este papel é feito de madeira de pinus e água, nesse material é necessário fazer uma colagem entre as lâminas de frente e verso da bolacha, entretanto, esse processo faz com que a bolacha tenha uma durabilidade reduzida, pois à medida que umedece, o papel começa a descolar.

Outro material que tem sido utilizado é o Papel Cartão Triplex, que é fabricado com duas camadas de celulose branca, porém esse material é fino e possui baixa absorção, o que o torna uma opção menos prática. Também existem opções feitas em M.D.F. e ainda há quem opte por produções caseiras à base de E.V.A., por exemplo.

Postagem mais antiga
Postagem mais recente